Morre Rildo, ex-lateral do Santos e da seleção, aos 79 anos

Brazil's Rildo (l) and Brito (r) stroll to training, accompanied by two-year-old Louise Kilbride (second l) and her five-year-old brother Ian (second r)No Use UK. No Use Ireland. No Use Belgium. No Use France. No Use Germany. No Use Japan. No Use China. No Use Norway. No Use Sweden. No Use Denmark. No Use Holland

O ex-lateral Rido, do Santos, faleceu na noite de ontem (16), em Los Angeles, na Califórnia (Estados Unidos), aos 79 anos. Na manhã de hoje (17), o Peixe lamentou a perda do ídolo em uma publicação no Twiter. O clube decretou luto oficial de  sete dias. 

Rildo foi contemporâneo de Pelé, Coutinho e Clodoaldo no Peixe, time que defendeu entre 1967 a 1972: conquistou o tricampeonato paulista (1967/68/69) e em 1968 faturou a  Supercopa-Sul Americana, a Recopa Intercontinental e o Torneio Gomes Pedrosa. O jogador começou a carreira no Íbis, de Pernamubo, em 1959. Também teve passagens pelo Sport e Botafogo.

O lateral-esquerdo também atuou na seleção brasileira na Copa da Inglaterra de 1966.  Foi convocado diversas vezes entre 1963 e 1969, e chegou a disputar a posição com Nilton Santos (Botafogo).