Maranhão registra primeiro caso de cepa indiana no Brasil

governo do Maranhão confirmou o primeiro caso de Covid-19 provocado pela variante do coronavírus detectada pela primeira vez na Índia. Ela foi identificada em um paciente indiano que deu entrada em um hospital da rede privada em São Luís na semana passada.

Após um indiano de 54 anos ser internado em um hospital particular em São Luís após testar positivo para o novo coronavírus (Covid-19), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou em nota que 23 tripulantes continuam em quarentena e isolados em cabines individuais no navio “MV SHANDONG DA ZHI”.

Segundo a SES, dois tripulantes apresentam sintomas leves, 12 continuam assintomáticos e os nove que testaram negativos para Covid-19, não apresentam quadro suspeito.

De acordo com o boletim médico do hospital da rede privada, o tripulante internado mantém quadro estável e apresenta melhora clínica.

Entenda o caso

Em nota divulgada na noite de sábado (15), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que um homem de nacionalidade indiana, de 54 anos, foi internado em um hospital da rede privada de São Luís com sintomas do novo coronavírus (Covid-19).

Segundo a SES, o fato foi informado pela Agência Nacinal de Vigilância Sanitária (Anvisa). O paciente é um dos tripulantes do navio “MV SHANDONG DA ZHI”. Ele começou a sentir os sintomas da doença em 4 de maio e teve febre.

Por conta do quadro, o indiano foi encaminhado em um helicóptero para um hospital da rede privada na última sexta-feira (13), por determinação da equipe médica que o assistia.

A variante indiana B.1.617 foi classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma “preocupação global”.